Adeus à Serpente

O UF tem estado especialmente quieto recentemente, porque eu estou no Camboja, flutuando em meio a uma conectividade em flocos. Tentar manter a atividade na Internet por meio de um tablet — que parece desdenhar até mesmo do controle elementar de um cursor (sem links, sem recortar e colar, pesadelo de edição) — agrava o problema. Neste momento estou monopolizando um computador real no alojamento onde estou hospedado e é possível avaliar o quão conectado Camboja já se tornou.

O Camboja é um país extraordinariamente atraente e é o lugar perfeito para se despedir do ano da cobra. Ele tem uma abundância de répteis (altamente venenosos), embora seja improvável que eles sejam encontrados fora da estação chuvosa (final do verão). Além disso, e sem dúvida, em grande medida, consequentemente, ele tem uma mitologia de serpentes extraordinariamente rica, organizada em torno da naga. As Nagas saturam as gloriosas ruínas do antigo Reino Angkor, como guardiãs do templo, elementos narrativos dos baixos-relevos e capuzes para os (mais recentes) Budas meditadores. As sutis, mas multifacetadas, evocações do encapuzamento sugerem que as cobras e as nagas estão envolvidas em uma complexa troca de associações. Este é incontestavelmente o país da cobra.

Para Urbano Futuro, o Ano da Cobra foi um período de transição encapuzada. ‘Este’ blog percorreu três plataformas diferentes durante o tempo da cobra. Depois de eliminar 500 comentários de spam devido a problemas de hospedagem nos últimos dias, é difícil dizer que a plataforma atual está exatamente resolvida, mas o trabalho principal está concluído. A situação da infra-estrutura certamente nunca foi melhor.

O Ano do Cavalo supostamente deve ser industrial, o que significa usar o que você precisa para conseguir as coisas feitas. Para este blog, a principal tarefa é iniciar uma discussão auto-sustentável sobre a Modernidade Chinesa, retomando a história e encaminhando-a a uma especulação disciplinada, a fim de consolidar uma compreensão de Shanghai como o tópico filosófico singular (de profundo significado global) que sempre esteve destinada a ser. No final do primeiro mês do Cavalo, essa ambição grosseira deveria se parecer mais com um programa crível.

Vou tentar publicar saudações de Chunjie em Phnom Penh (você está interessado em saber como as celebrações acontecem lá, certo?).

Original.
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.